Notícia 07/04/2017

Consumo de antidepressivos teve alta de 27,4% em 2016

 

O consumo de antidepressivos subiu 27,4% no ano passado, segundo um levantamento da seguradora Sulamérica com 13,6 mil empresas. Nos últimos seis anos, o aumento foi de 76%. 
As mulheres são as que mais sofrem com o problema: representam cerca de 60% das compras dos medicamentos. 
A saúde mental e as questões emocionais são crescentes preocupações para companhias, sobretudo as de grande porte, afirma a diretora da empresa Tereza Veloso. 
Depressão e ansiedade são os principais entraves para a concentração no trabalho e geram despesas 10% maiores com planos de saúde, diz a consultoria Mercer Marsh. 
O período médio de afastamento nesses casos é três vezes superior ao observado com outras doenças. 
"O ideal para combater o problema é criar ações para estimular exercícios físicos, limitar a carga horária de funcionários e aumentar o bem-estar", diz Veloso. 

Fonte: (Maria Cristina Frias - Folha de S.Paulo)

Total de visita(s): 117