Notícia 07/01/2020

Câncer de mama: inteligência artificial supera o médico no diagnóstico

O exame avaliado foi a mamografia. Cerca de 29.000 imagens foram analisadas

A inteligência artificial mostrou ser mais precisa do que os médicos no diagnóstico de câncer de mama a partir de uma mamografia. O estudo, publicado na Nature, envolveu pesquisadores do Google Health e da universidade Imperial College London. A informação teve como base a análise de exames de imagem de cerca de 29.000 mulheres.

Na pesquisa, um modelo de inteligência artificial recebeu exames de mamografia anônimos. Os resultados mostraram que ele era tão eficiente quanto a leitura feita por mais de um médico. E mais preciso no diagnóstico do que a análise de um único profissional. A diferença foi tanto em relação aos falsos positivos (quando o exame aponta, erroneamente, a presença de câncer de mama), quanto de falsos negativos (falha em identificar a existência da doença).

“Nossa equipe está muito orgulhosa dos resultados da pesquisa, que sugerem que estamos no caminho de desenvolver uma ferramenta que pode colaborar a identificar o câncer de mama com maior precisão”, afirmou Dominic King, do Google Health.

 

Fonte: (Veja.com)

Total de visita(s): 58