Dica de Saúde 10/02/2022 14:37

Usar smartwatch e apps esportivos faz andar mais 1.235 passos por dia, segundo estudo

 Em pesquisa com 16 mil pessoas, o uso de monitoradores de exercícios feitos fez os participantes caminharem e se mexerem mais e aumentou a atividade física em 48,5 minutos por semana

Quem aí tem ou pelo menos não sonhou em ter um relógio ou algum outro aparelho que meça a quantidade de exercício que você fez por dia? Uma pesquisa mostra que esses aparelhos podem fazer muito mais do que apenas monitorar sua atividade física. Pesquisadores da Universidade de Copenhague, na Dinamarca, levantaram dados de 121 ensaios clínicos e 141 comparações entre outros estudos para descobrir se os monitores de exercício poderiam impactar as atividades físicas de cada pessoa. No total, foram analisados números de 16 mil participantes. O estudo está publicado no British Medical Journal.

+ Smartwatch: como interpretar os dados do seu relógio esportivo e monitorar seu desempenho
+ Acessórios inteligentes auxiliam no monitoramento cardíaco

O grupo teve a atividade física diária monitorada – moderada e vigorosa – além do tempo sedentário. O objetivo era estimar a eficácia das intervenções baseadas no monitor de atividade física entre adultos. O impacto no tempo sedentário foi insignificante, segundo o estudo. Mas o uso de aplicativos fitness aumentou a atividade física em 1.235 passos por dia e a atividade física moderada e vigorosa em 48,5 minutos por semana.

Os cientistas revelaram que pessoas que usam monitores de atividade são mais ativas do que as que não usam, e que os efeitos são altamente relevantes em termos de saúde e risco de doenças, especialmente entre pessoas moderadamente ativas ou que não atendem às diretrizes atuais de atividade física.

Uma preocupação do grupo de pesquisa foi com a inatividade durante o período de pandemia. Segundo eles, em um período pós-covid, a necessidade de foco na mudança comportamental em relação à atividade física e à inatividade é mais urgente do que nunca. Por isso, monitores de atividade física, sejam relógios inteligentes ou rastreadores fitness, têm potencial para serem usados como facilitadores de mudanças comportamentais, fornecendo feedback direto.

Mas atenção: um monitor de atividade sozinho pode não ser a melhor aposta para o sucesso, porque antes de qualquer coisa é preciso mudar o comportamento individual de cada um, o que nem sempre é fácil.

Outras pesquisas mostram que esses equipamentos funcionam ainda melhor quando combinados com jogo ou algum incentivo financeiro, por exemplo (gamefication).

O mais importante é estabelecer metas para você se mexer novamente.

* As informações e opiniões emitidas neste texto são de inteira responsabilidade do autor, não correspondendo, necessariamente, ao ponto de vista do ge / Eu Atleta.

Fonte: (Eu Atleta - Por Luis Fernando Correia/Washington, D.C.)

Usamos os cookies e dados de navegação visando proporcionar uma melhor experiência durante o uso do site.
Ao continuar, você concorda com nossa Política de Privacidade.

Usamos os cookies e dados de navegação visando proporcionar uma melhor experiência durante o uso do site. Ao continuar, você concorda com nossa Política de Privacidade.