Dica de Saúde 24/08/2017 09:14

Por que amêndoas ajudam no controle do colesterol

<h1><img src="http://unisaudems.org.br/fotos/201708240836201503578180.jpg" style="font-size: 12px;" alt="" /></h1> <h1><span style="font-size: x-large;"><font style="font-size: medium;" face="Arial,Helvetica"><font color="#000000">Colocar um punhado dessas oleaginosas na rotina faz um bem danado &agrave;s art&eacute;rias</font></font><span style="font-family: " times="" new="">&nbsp;</span></span></h1> <p style="text-align: justify;" times="" new=""><span style="font-size: large;"><font face="Arial,Helvetica"><font color="#000000">N&atilde;o &eacute; de hoje que os cientistas sabem que incluir am&ecirc;ndoas no dia a dia ajuda a diminuir os n&iacute;veis do colesterol LDL, considerado fator de risco para doen&ccedil;as card&iacute;acas. Contudo, pouco se conhece sobre o efeito dessa oleaginosa no HDL, o colesterol visto como ben&eacute;fico. Pois a pesquisadora Penny Kris-Etherton, da Universidade Penn State, nos Estados Unidos, decidiu tirar o atraso nessa &aacute;rea.</font></font>&nbsp;<br /> <font face="Arial,Helvetica"><font color="#000000">Ela conduziu um estudo com a inten&ccedil;&atilde;o de observar se am&ecirc;ndoas poderiam n&atilde;o s&oacute; aumentar como melhorar a fun&ccedil;&atilde;o do HDL, que atua basicamente removendo a gordura das art&eacute;rias e transportando-a pelo corpo, com o objetivo de elimin&aacute;-lo. &ldquo;O HDL &eacute; muito pequeno quando liberado na circula&ccedil;&atilde;o. Mas, como um saco de lixo, vai ficando maior e mais esf&eacute;rico &agrave; medida que tira colesterol das c&eacute;lulas e tecidos&rdquo;, contou Kris-Etherton, em comunicado ao site da universidade.</font></font>&nbsp;<br /> <font face="Arial,Helvetica"><font color="#000000">Dependendo de quanto colesterol ele consegue coletar, o HDL &eacute; categorizado em cinco subtipos. E os cientistas esperavam que a ingest&atilde;o de am&ecirc;ndoas resultasse nas part&iacute;culas maiores, o que significaria mais efici&ecirc;ncia na hora de executar a tal da limpeza nos vasos.</font></font>&nbsp;<br /> <font face="Arial,Helvetica"><font color="#000000">Para confirmar esse dado, eles recrutaram 48 homens e mulheres com colesterol LDL elevado. Durante seis semanas, esse pessoal recebeu dietas id&ecirc;nticas, incluindo um lanchinho di&aacute;rio representado por 43 gramas de am&ecirc;ndoas &ndash; o equivalente a uma m&atilde;o cheia do alimento. Depois desse per&iacute;odo, o snack mudou. Por mais seis semanas eles continuaram a dieta, mas passaram a ganhar um muffin de banana no intervalo das refei&ccedil;&otilde;es.</font></font>&nbsp;<br /> <font face="Arial,Helvetica"><font color="#000000">Ao comparar os dois momentos, os cientistas perceberam que, em rela&ccedil;&atilde;o &agrave; dieta com muffin, a inclus&atilde;o da am&ecirc;ndoa aumentou em 19% os n&iacute;veis daquele HDL maior e mais maduro. Al&eacute;m disso, a presen&ccedil;a da oleaginosa melhorou em 6,4% a atua&ccedil;&atilde;o dessa part&iacute;cula.</font></font>&nbsp;<br /> <font face="Arial,Helvetica"><font color="#000000">A pesquisadora Kris-Etherton afirmou que, embora as am&ecirc;ndoas n&atilde;o eliminem o risco de doen&ccedil;a card&iacute;aca, podem ser escolhas espertas para um lanche. At&eacute; porque esse alimento oferta uma boa dose de gorduras boas, vitamina E e fibras.</font></font>&nbsp;<br /> <font face="Arial,Helvetica"><font color="#000000">&ldquo;As am&ecirc;ndoas n&atilde;o s&atilde;o a cura para tudo, mas, quando consumidas em modera&ccedil;&atilde;o e no lugar de itens com baixo valor nutricional, s&atilde;o &oacute;timos complementos para uma dieta equilibrada&rdquo;, disse. Segundo ela, d&aacute; para esperar muitos benef&iacute;cios com essa medida &ndash; e n&atilde;o s&oacute; para o cora&ccedil;&atilde;o.&nbsp;</font></font></span></p> <div><em><font face="Arial,Helvetica"><font color="#000000"><font size="-1">Fonte:</font></font></font><span style="font-family: Arial, Helvetica; font-size: small;">&nbsp;</span><span style="font-family: Arial, Helvetica; font-size: small;">(Tha&iacute;s Manarini - G1)</span></em></div> <p style="font-family: " times="" new="">&nbsp;</p>

Fonte: