Saúde pra dar e vender

27/06/2018 | 09:04

 

Uma sociedade formada por um ex-executivo de um fundo de venture capital e um professor de medicina da USP vai lançar, com um investimento de R$ 20 milhões, uma rede de atendimento médico de nome Amparo. 
As três primeiras unidades deverão ser inauguradas em julho na cidade de São Paulo. A rede começará com 36 profissionais. 
Ela atenderá o segmento de clínicas populares, mas com uma sistemática de serviço diferente. 
Os clientes pagarão um valor a cada quadrimestre que dará acesso a um médico da família. Se for necessário fazer consultas com outros especialistas ou exames, será cobrado um montante extra. 
“A ideia é que um médico atenda os pacientes por um longo período sem receber comissões, mas um salário fixo, para ser fidelizado”, diz o sócio Emilio Puschmann. 
36 – São os médicos da rede.

Fonte: (Maria Cristina Frias - Folha de São Paulo)