Mortes por gripe chegam a 446 em 2018; número dobrou em um ano

14/06/2018 | 09:42

 

Nos seis primeiros meses, foram registrados 2,7 mil casos no país. Ministério da Saúde prorroga campanha de vacinação até 22 de junho. 
O número de mortes relacionadas à gripe dobrou no país em relação aos seis primeiros meses do ano passado. De janeiro a junho deste ano, 2,7 mil pessoas foram identificadas com a doença e 446 morreram. Em 2017 eram 1,2 mil registros de influenza e 204 mortes. 
Os dados foram divulgados nesta quarta-feira (13) pelo Ministério da Saúde. De acordo com o último boletim da pasta, a taxa de mortalidade por influenza no Brasil está em 0,18% para cada 100 mil habitantes. A média de idade entre a maioria das vítimas era de 52 anos. 
Ao mesmo tempo em que há um aumento no número de casos, a Saúde também avaliou que o país registra uma “baixa cobertura vacinal”. 
Até esta quarta, 77,6% do público-alvo estava imunizado. Por isso, a campanha de vacinação, que terminaria nesta sexta (15), foi prorrogada até 22 de junho. A meta é imunizar 54,4 milhões de pessoas. 
“Para nós, hoje, a estratégia está voltada principalmente para crianças de até 5 anos, em creches ou escolas”, explica o ministro Gilberto Occhi. “Teremos, então, uma atuação mais ativa, para buscar essas pessoas do público-alvo.”

Fonte: (Midia News)