OMS considera São Paulo como área de risco para febre amarela

18/01/2018 | 08:25

 

A entidade ressaltou que a avaliação é um processo permanente e que ainda pode indicar outras áreas de risco no país. 
A Organização Mundial da Saúde (OMS) classificou todo o Estado de São Paulo como área de risco para a febre amarela, em informe divulgado nesta terça-feira (16). 
A entidade diz que a decisão foi tomada pela alta do nível de atividade do vírus da doença no território paulista desde o final de 2017. 
A OMS, com isto, recomenda que toda pessoa que pretenda viajar para qualquer ponto do Estado de São Paulo, partindo de dentro do Brasil ou de outros países, tome a vacina contra a febre amarela com dez dias de antecedência. 
A entidade ressaltou que a avaliação é um processo permanente e que ainda pode indicar outras áreas de risco no país. 
De acordo com a OMS, desde dezembro de 2016 foram registradas ocorrências de febre amarela em macacos em 21 estados brasileiros e no Distrito Federal, com 788 casos em humanos, dos quais 265 resultaram na morte do doente.

Fonte: (Midia News)