DF: Anvisa faz fiscalização em centro clínico

20/11/2017 | 09:46

 

Segundo denúncias, empresa revendia material de baixa qualidade, mas cobrava valor de material importado. Suspeita é que material compromete saúde de pacientes. 
A Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa) faz fiscalização na sede de uma empresa no Centro Clínico do Guará, no Distrito Federal. Segundo as denúncias, ela revendia órteses nacionais de baixa qualidade para implantes no rosto, sendo que cobrava o valor de material importado. 
A suspeita é que os produtos não têm procedência confirmada e podem comprometer a saúde dos pacientes. Um hospital da Asa Sul é suspeito de ser conivente com as fraudes. 
Estimativas da Anvisa apontam que cerca de 30% de implantes realizados em média por ano no país são feitos com produtos ilegais. 
Próteses são dispositivos usados para substituir total ou parcialmente um membro, órgão ou tecido. Órteses são utilizadas para auxiliar as funções de um membro, órgão ou tecido do corpo. De uso temporário ou permanente, as órteses evitam deformidades ou o avanço de uma deficiência médica. Um marca-passo, por exemplo, é considerado uma órtese implantada. 

Fonte: (Mara Puljiz - G1)