Clique Ciência: uma fruta madura acelera o amadurecimento das verdes?

Comer frutas diariamente é fundamental para manter a saúde em dia: são fontes ricas em vitaminas e sais minerais. Quem faz compras semanais na feira sabe como é difícil escolher as frutas que vão amadurecer no tempo certo do nosso cardápio.

Para evitar desperdícios, nada mais comum do que comprar frutas verdes para chegarem ao ponto durante a semana. Depois, é só apostar em um velho truque da vovó: misturar as verdes com as maduras. Mas isso funciona mesmo?

De acordo com Murilo Freire, pesquisador da Embrapa (Empresa Brasileira de Pesquisa Agropecuária), funciona. Isso porque as frutas, quando chegam à fase de maturidade fisiológica, começam a produzir um gás que ajuda no seu amadurecimento: o etileno.

É essa substância, que, entre outras coisas, leva ao rompimento das fibras, o que deixa o fruto mais macio, e à hidrólise do amido – a quebra dessa molécula resulta no sabor adocicado do alimento.

No entanto, não são todas as frutas que produzem essa substância, apenas as frutas climatéricas, que continuam a se desenvolver, mesmo que sejam colhidas ainda verdes, até ficarem maduras, "passarem do ponto" e apodrecerem. Por isso, por exemplo, que é possível comprar uma banana verde e esperar que ela fique amarela e docinha.

Alguns exemplos desse grupo: caqui, banana, mamão, ameixa, nectarina, kiwi, pera, pêssego, maçã, abacate, melão e manga.

O outro grupo, chamado de não-climatéricos, não tem essa capacidade de continuar seu amadurecimento fora do pé. Se forem colhidas verdes, elas permanecem assim até estragar. É o caso, por exemplo do morango, limão, laranja, figo, uva, cereja, melancia, abacaxi e coco.

Ambiente fechado para amadurecer

De acordo com Freire, este amadurecimento "forçado" é mais eficaz em ambiente fechado.

Ou seja, não basta colocar tudo junto em uma fruteira em cima da mesa, é preciso embalar em um saco de papel ou até mesmo embrulhar com jornal. "Assim, o gás liberado com mais intensidade pela fruta madura fica concentrado no local e ajuda a amadurecer as verdes", comenta.

Uma dica importante: na hora de embalar os alimentos, escolha produtos que não dificultem a respiração do vegetal, como o plástico. O papel é uma boa opção.

Entendeu agora por que é possível acelerar o amadurecimento de algumas frutas com uma ajudinha extra? E se for um dia quente de verão, esse processo ocorre ainda mais rápido.

Segundo a agrônoma Lucia Salles França Pinto, o truque pode reduzir em até três dias o tempo de maturação do vegetal. E ele também é válido se você embrulhar apenas as verdes – e comer a madura!

"Colocar uma fruta madura junto com as demais também faz com que ela apodreça mais rápido", comenta Lucia.

Fonte: (Aretha Yarak/Colaboração para o UOL)