Exercício reduz naturalmente a vontade de fumar, diz estudo

 

 

Controlar a vontade de fumar tem sido difícil? Saiba que, de acordo com um estudo da Western University, no Canadá, o exercício é uma excelente forma de levar um fumante no caminho de abandonar o vício. Porém, em geral, as pesquisas testam os fumantes incentivando-os a serem mais ativos ao mesmo tempo em que deixam de fumar. O problema dessa estratégia é que o fumante acaba precisando lutar para se adaptar a duas mudanças de comportamento: fazer mais exercícios e fumar menos.

Então, os pesquisadores desta vez pediram aos participantes, todos do sexo feminino, apenas para se exercitarem regularmente ao longo de quatro semanas. Eles também usaram métricas específicas para entender melhor o comportamento, a satisfação, a recompensa e o prazer do cigarro para o fumante. Mas parar de fumar não foi citado durante o estudo.

"Por não dizermos nada sobre parar com o cigarro, mesmo que os participantes do estudo saibam que existe uma data final, eles apenas reduziram naturalmente a quantidade de cigarro enquanto se exercitam, mesmo que isso não lhes tenha sido solicitado", diz Harry Prapavessis, diretor do Laboratório de Psicologia do Exercício e da Saúde do Ocidente.

Saiba mais: 4 exercícios que garantem motivação

Na análise sobre o prazer de fumar dos participantes, os pesquisadores compararam as reações aos cigarros que foram fumados durante o período anterior às atividades físicas e descobriram que, após as quatro semanas, os cigarros já não eram mais tão apreciados quanto antes.

"Portanto, as pessoas não apenas reduzem o quanto fumam - mesmo sem serem informadas -, como também não apreciam muito mais esses cigarros ou os fumam de forma diferente", diz Prapavessis. Esses achados implicam que mulheres fumantes que se exercitam antes de uma tentativa de parar estão em um estado favorável para ficarem livres do vício.

Fonte: (Minhavida)