Feriado sem prejuízo à dieta em 10 passos

 

Nutricionista Cristiane Perroni ensina a evitar ou reduzir os prejuízos dos excessos alimentares cometidos nos dias de folga. Confira e veja se manter na linha

Feriados são um grande desafio para quem quer controlar o peso ou não fugir da dieta. São novos lugares e culturas que iremos conhecer ou ter contato com “velhos prazeres” (comida tem muito afeto e simbologia). Fica difícil resistir às tentações. Mas sempre vale a boa negociação. Dependendo dos excessos que você cometer no feriado pode colocar toda a semana de dieta em risco.

+ Como a dieta detox ajuda a purificar nosso corpo

Confira 10 passos para evitar ou reduzir prejuízos após o feriado:

1. Controle a alimentação e mantenha o exercício físico na semana que antecede o feriado.

2. Durante a vigem, comece o dia com um bom café da manhã, mas sem exageros. Em hotéis temos muitas opções deliciosas, experimente algo diferente a cada dia.

3. Não fique muito tempo sem comer. Leve lanche intermediário se for ficar muito tempo fora, sempre porções individualizadas. Carregue seu “kit sobrevivência”.

4. Organize a sua programação para saber o que vale a pena experimentar. Se é para errar, que seja com algo muito bom e sempre com moderação. Que suas saídas sejam exceção e não a regra. Retome a dieta sempre.

+ Sete sugestões de atividades para fazer em família

5. Coma devagar, mastigando bem os alimentos e apreciando a refeição. Quanto mais tempo o alimento estiver em contato com nossas papilas gustativas na boca, maior o prazer e a saciedade.

6. Evite restaurantes “sistema de buffet à vontade”, comemos muito mais do que precisamos. Coma porções menores e equilibre a escolha do prato com: ½ verduras e legumes + ¼ proteína magra + ¼ carboidrato maior (arroz/couscous/quinoa, batata, aipim). Atenção ao tamanho do prato.

7. Lembre-se que existem outros prazeres além da comida. Procure outros tipos de diversão.

8. Mantenha-se ativo e se exercitando, não pare seus treinos. Se necessário mude o horário, acorde mais cedo, mas não deixe de treinar. Adapte o exercício as possibilidades do local. Experimente novas modalidades. É preciso equilibrar a balança entre ingestão alimentar x gasto energético.

9. Tenha moderação no consumo de bebida alcoólica. Elas possuem alta densidade energética e reduzem o senso crítico para escolha dos alimentos (fazemos escolhas inadequadas, excedemos nas quantidades e não lembramos nem o que comemos).

10. Fuja de preparações fritas, cremosas e gratinadas: salgadinhos, pastel, batata ou aipim frito, preparações à milanesa, tábua de queijos, salame, salsichão e linguiça. Se não resistir coma pequenas porções.

+ Beba com moderação e não prejudique seu treino

*As informações e opiniões emitidas neste texto são de inteira responsabilidade do autor, não correspondendo, necessariamente, ao ponto de vista do Globoesporte.com / EuAtleta.com.